Ally and Paul Haynes: Parents to Luke Haynes

My husband and I tragically lost our son, Luke, at 20 weeks a couple of weeks ago.  He survived for 3 hours before passing away peacefully with both of us there with him.
The staff at Heartlands Hospital in Birmingham had showed us the memory box that you donate to them prior to his birth, but it was only afterwards that we were able to grasp quite what an amazing thing it is, and how much we will treasure it.
The small touches like having two little bears, the memory card for the incredibly precious photos, and the prints for his hands and feet are all things that in the future we will be able to treasure and without your help we wouldn’t have thought about or even considered for a minute doing them. There was a member of staff on duty the night we had Luke who was also a professional photographer who took some beautiful pictures for us – we’ve attached a couple.
We strongly felt that we wanted something positive to come out of this tragic loss of life and as a result we set up a fundraising page in Luke’s memory to raise money for the Lily Mae Foundation.
We have been overwhelmed by the generous response we have received and have raised over £2,200 to date.
We wanted to let you know how grateful we are to the foundation for the support you provide to people in our situation.

Caroline Lear: Mother to Sofia-Paige Annabel Lear

Hi Lily Mae Foundation,
I’d like to share something with you if I may. Firstly I’d like to commend you on the fantastic work you do in spreading awareness of stillbirth and neonatal death.
My husband and I have suffered 3 miscarriages in the past but our last one has hit us the hardest.
Last year on 15th July, I gave birth to our 4th little girl at 23 weeks pregnant and after 11 hours of labour. We are lucky to have 3 beautiful daughters already but have never been able to give birth naturally, having had 3 previous c-sections.
Our little girl was gorgeous, she had the same features as one of her sisters and was born with a little pout on her face and her hand laying across her heart. We kissed and cuddled her as much as we possibly could until we had to say goodnight (never goodbye)
Her sisters each gave her a name ‘Sofia-Paige Annabel Lear’ and as you can imagine we were all left absolutely bereft, we continue to be too although some days are easier than others.
The reason I tell you this is because we received a beautiful memory box from the hospital and this has been of great comfort to us. I have followed your page on Facebook and have found so much peace in reading your posts and of the stories shared by others. Your page has helped me and my family to grieve and have given us hope that there is light at the end of the tunnel.
Thank you so much for showing us what greatness can come from adversity and for being the voice of so many families that feel they don’t have a place to talk about their lost little loved ones. I can’t thank you and the lily Mae foundation community enough for giving me the words to express how I feel when I can’t find the words myself.
What a fantastic legacy xx

Paul Jones

Quando Ryan e Amy me pediram para ajudá-los a levantar dinheiro para a sua caridade, fiquei impressionado com a paixão que compreensivelmente têm com a instituição. Experimentar tal perda seria devastador para a maioria das pessoas, mas Ryan e Amy têm sido incrivelmente fortes e também altruístas. Dedicar suas vidas a ajudar outras pessoas em situações semelhantes, mostra coragem, empatia e altruísmo. Sinto-me honrado em ajudar a Fundação Lily Mae de qualquer maneira possível e encorajo os outros a fazerem o mesmo.

Lucy Price

Depois de trabalhar com Ryan e ouvir sobre como a Fundação Lily Mae apoiar pais e famílias que foram afetados pela nascimento de uma criança morta, eu sabia que eu queria ser voluntário para ajudar uma causa tão fantástica. Voluntariado ajudo a caridade de muitas maneiras. Uma maneira que eu tenho apoiado a caridade é o voluntariado em sua corrida Fun Fun anual, que nunca deixa de ser um evento divertido com um espírito de grande comunidade! É muito gratificante saber que o voluntariado, em última análise, estará ajudando os pais e as famílias afetadas pelanascimento de uma criança morta.

Claire Keogh

Alguns anos atrás, eu estava animado sobre uma amiga meu do trabalho saindo para ter seu bebê. 3 semanas mais tarde, fiquei completamente chocada ao ouvir a notícia de que ela havia perdido seu bebê às 40 semanas. Sua filha estava natimorta. Devastada por ela e sua família, fui para casa e compartilhei a notícia, apenas para descobrir que minha sogra também teve um bebê natimorto antes de meu marido nascer. Isso me fez perceber que a perda do bebê estava acontecendo muito mais do que eu estava ciente, mas era um assunto raramente falado.
Encontrei uma oportunidade para ajudar a embalar caixas de memória para a caridade Lily Mae. Encontrei Amy, Ryan e alguns dos outros voluntários – um monte que também tinha perdido os bebês, abriu completamente os olhos para natimorto. Fiquei chocado ao saber que os números e estatísticas ainda são tão altos hoje.
Amy & Ryan são tão inspirador. Eles têm tanta dedicação, coragem, compromisso e paixão para espalhar a palavra sobre natimorto. Eles oferecem incrível, apoio pessoal para as famílias que estão passando pelo momento mais difícil imaginável.
Eu agora voluntário regularmente, ajudando onde posso. Eu apoio embalando as lindas caixas de memória, marshalling em corridas de diversão, fotografando eventos e folhetos de postagem. Os eventos que a organização de caridade organizam são fantásticos e são tão importantes para aumentar o perfil e para obter a palavra lá fora. Sinto-me orgulhosa de que, ao doar um tempo, estou ajudando a caridade a chegar às famílias que precisam de apoio nos momentos mais difíceis.

Amy Storer

Apoiar A Fundação Lily Mae foi importante para nós na Virgin Media porque é uma perda muito tácita e tabu. Muitas pessoas não sabem o que dizer ou como podem apoiar alguém que sofreu uma experiência tão terrível.
Temos colegas que sofreram a perda traumática de uma criança e sentimos que esta era uma forma de mostrar nosso apoio e dar algo de volta a uma caridade tão valiosa. Tomando o tempo fora do trabalho para fazer as caixas da memória para suportar pais e as famílias que experimentam a perda do bebê eram uma maneira pequena fazer isto. Ver o trabalho desta caridade fantástica para foi simplesmente incrível.

Caroline Brogan

Na Irwin Mitchell, estamos orgulhosos de apoiar o trabalho especial que a Fundação Lily Mae faz para famílias enlutadas, tendo visto em primeira mão o fantástico apoio que eles fornecem aos nossos clientes e aqueles que mais precisam.
Seus conselheiros especialmente treinados e experientes, que sabem exatamente o que significa sofrer a dor de perder um bebê antes, durante ou logo após o nascimento, estão lá para fornecer apoio para mães, irmãos de pais e avós. Eles também trabalham incansavelmente para arrecadar fundos para o trabalho que fazem; De campanha para a consciência, à pesquisa de financiamento, e fornecendo caixas de memória e berços frios quando eles são necessários.
Estamos muito satisfeitos por trabalhar com a Fundação Lily Mae e apoiar suas campanhas, dias de aconselhamento familiar regulares e atividades e eventos de angariação de fundos, como o Balsall Common Fun Fun.

Rebecca Forrester / Charlotte Mills

A UPS foi honrada em apresentar a Fundação Lily Mae com um cheque de US$49.000 na segunda-feira, 31 de outubro, que apoiará o trabalho vital da instituição. A Fundação Lily Mae foi escolhida especificamente por nossa equipe em Coventry, que foram surpreendidos por seu trabalho dentro da comunidade local. Uma concessão deste tamanho foi possível graças à dedicação e empenho dos funcionários da UPS, que trabalharam mais de 99 horas em uma série de atividades e iniciativas. Isso incluiu a organização de Hollywood & Wythall Fun Run, ajudando com folheto para a Fundação Lily Mae Fun Run (com um intrépido UPS arrecadou executando 10k!) E organizando um Eurovision dia de trazer-a-placa. Apoiar o trabalho de caridade é incrivelmente importante para a UPS, e estamos ansiosos para trabalhar com organizações como a Fundação Lily Mae nos próximos anos.

John Sumner

Sainsburys na Balsall Common trabalhou com a Fundação Lily Mae por 3 anos. Fomos convidados a apoiar o primeiro Balsall Common Fun Run em 2014 e construímos um bom relacionamento com a caridade desde então. Eles foram selecionados por nossos clientes e colegas para ser a caridade do ano em 2015. Meus colegas estão envolvidos no Balsall Common festival nos últimos 3 anos, devido ao relacionamento que temos construído com a caridade durante este tempo. Os representantes de caridade sempre foram realmente envolvente, entusiasta, consciente e confiável. Estamos ansiosos para continuar trabalhando com a equipe da Lily Mae no futuro.

Tracey Andrews

Tendo conhecido Amy & Ryan socialmente e ouvindo tudo sobre sua caridade, decidimos Signarama gostaria de se tornar um patrocinador da Fundação Lily Mae, para apoiá-los em seu trabalho incrível. O principal evento no ano passado para nós foi o fornecimento de toda a publicidade e sinalização direcional para o Fun Run Anual em setembro, mas também apoiou-los para Golf Days e outras atividades de angariação de fundos. Como patrocinador, não só conseguimos o fator “bem-estar” para apoiar uma causa tão valiosa, mas também ganhamos uma grande cobertura e propaganda para o nosso negócio, que a Fundação Lily Mae trabalhou duro para promover em troca. Eu não hesitaria em recomendar alguém a trabalhar com Amy & Ryan.